As novas restrições determinadas pelo Governo de Bucareste aplicam-se devido ao facto de os quatro países terem registado, nos últimos dias, incidências de infeções superiores à da Roménia.

Além dos quatro países pertencentes à União Europeia (UE), a Roménia também colocou Andorra na mesma lista.

Segundo o Portal das Comunidades Portuguesas, ficam isentas da quarentena as pessoas vacinadas ou que passaram 10 dias da data da finalização do esquema completo de vacinação - comprovado através do Certificado Digital Covid UE ou com o documento da vacinação emitido pela unidade médica.

Também terão permissão de entrada naquele país os que tenham sido confirmados ‘positivos’ para a infeção do vírus SARS-CoV-2 nos 180 dias anteriores a entrada na Roménia, caso tenham passado pelo menos 14 dias do dia da confirmação, e as pessoas que permanecem no território romeno por um período inferior a 72 horas e apresentam à entrada na Roménia um teste RT-PCR negativo feito com máximo 72 horas antes do embarque.

Segundo dados oficiais locais, a Roménia está atualmente com um dos menores índices de contágio da UE, com três casos por cada 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, contra os 346,5 em Portugal e os quase 500 em Espanha.​​​​

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.061.908 mortos em todo o mundo, entre mais de 188,3 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse, divulgado quinta-feira.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.