Os números totais relativos à pandemia do novo coronavírus na Rússia apontam que este país regista 405.843 casos e 4.693 mortes por covid-19.

A taxa de mortalidade relativamente baixa em comparação com outros países levou ao ceticismo no país e no exterior.

Para dissipar as suspeitas de que as autoridades estão a tentar reduzir o número de mortos por razões políticas, a vice-primeira-ministra, Tatyana Golikova, explicou na semana passada que a contagem da Rússia inclui apenas aqueles que confirmaram ter morrido diretamente da infeção.

Ao mesmo tempo, a governante revelou o número de pessoas que testou positivo covid-19, mas terá morrido devido a outras causas.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 366 mil mortos e infetou mais de 6 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,4 milhões de doentes foram considerados curados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.