De acordo com o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alter do Chão, Vasco Cruz, desde que o surto foi detetado, em 31 de dezembro, morreram 10 utentes, todos eles “com faixas etárias acima dos 85 anos”.

Além dos 39 utentes que continuam infetados, a instituição contabiliza ainda 22 colaboradores infetados, num universo de “cerca de 33 a 34″ trabalhadores.

“Nós temos três utentes ainda em situação preocupante, mas estão aqui na instituição a receber todos os cuidados. Cinco dos 10 falecimentos ocorreram em hospitais vários aqui da zona”, acrescentou.

A Santa Casa da Misericórdia de Alter do Chão continua a contar com o auxílio de cinco elementos das brigadas de intervenção rápida da Segurança Social, estando também garantida a presença diária na instituição de uma médica e um enfermeiro.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.022.740 mortos resultantes de mais de 94,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.861 pessoas dos 549.801 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.