Após o encontro, Adilson Semedo, diretor do Serviço de Estudos, Planeamento e Cooperação do Ministério da Educação de Cabo Verde, fez um balanço “muito produtivo” do encontro de dois dias, que se realizou na sede da CPLP e que hoje terminou.

Uma “temática que mereceu de facto um debate dos pontos focais presente nesta reunião tem a ver com a oficina de boas práticas de alfabetização de jovens e adultos da CPLP”, referiu o responsável cabo-verdiano, em declarações à comunicação social.

Adilson Semedo acrescentou que os participantes consensualizaram “a realização de uma formação à distância” que deverá contar com a “participação de todos os países-membros” em abril.

“Também discutimos, e apreciámos, a questão relacionada com o trabalho de nutrição, alimentação e saúde escolar”, acrescentou o responsável.

Nesse sentido, Adilson Semedo referiu que houve diálogo para a realização de seminários “para a troca de experiências e de boas práticas para sustentabilidade dos programas de alimentação escolar nos Estados-Membros da CPLP”.

O dirigente do serviço cabo-verdiano referiu que espera “ter todas as condições para a reunião dos ministros da Educação”, agendada para 19 de maio de 2020, em Cabo Verde.

A CPLP é composta por Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.