O juiz Richard Leon decidiu que o rastreamento do licenciamento é provavelmente inconstitucional, uma vitória para os que defendem o direito de andar armados. Washington tem, tradicionalmente, uma das leis mais rigorosas do país no que toca a levar armas escondidas, exigindo que os indivíduos justifiquem a necessidade de terem uma arma em público.

O lobby das armas tem feito pressão ao longo de anos para que esta cláusula da legislação seja revista. Na página 46 da sua decisão, o juiz Leon escreveu que a cláusula provavelmente viola a Segunda Emenda da Constituição dos EUA, que inclui "o direito de transportar armas de fogo para autodefesa em casa ou fora dela". As autoridades em Washington podem apresentar uma queixa para recorrer da decisão de Leon, que é o terceiro juiz a considerar o caso. De acordo com as regras da capital, os indivíduos têm garantido o direito de ter consigo armas escondidas, guardadas sob a roupa, numa bolsa, ou no porta-luvas do veículo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.