A escolha de Donald Trump ocorre depois de ter questionado as conclusões dos serviços de informação dos Estados Unidos sobre a alegada interferência da Rússia nas eleições presidenciais norte-americanas e um dia antes do atual chefe de Estado, Barack Obama, ser informado sobre o mesmo assunto pelas chefias daqueles serviços.

Dan Coats foi membro do Comité de Informações do Senado antes de sair do congresso, o ano passado.

Também foi embaixador dos Estados Unidos na Alemanha.

Como diretor das informações nacionais, Dan Coats vai supervisionar uma agência criada após os atentados de 11 de setembro para melhorar a coordenação dos espiões dos Estados Unidos.

Segundo a AP, a pessoa que não quis ser identificada tem conhecimento da decisão de Donald Trump, mas não foi autorizada a discutir publicamente a escolha.

Donald Trump tem estado a estudar maneiras de reestruturar as agências de Informação dos Estados Unidos para melhorarem e agilizarem as suas operações.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.