"É interessante", comentou David Neeleman, à margem do Web Summit, evento tecnológico que reúne mais de 50 mil pessoas e que termina hoje em Lisboa.

Neeleman considerou que "o povo americano está cansado da maneira de fazer as coisas dos políticos e queria alguém de fora para começar a fazer coisas novas", mas garantiu que não está "nervoso".

"Acho que vai ser interessante ver as mudanças. Estou muito curioso, mas acho que não vai ser mau", disse o empresário, assumindo, no entanto alguma preocupação face a um eventual excesso de protecionismo.

"Os Estados Unidos sempre foram um país muito aberto temos de ver se não vamos por esse caminho de proteger demais, temos de ter uma economia mais aberta", sublinhou.

David Neeleman participou hoje como orador no Web Summit, num painel intitulado "Low fares vs. low cost" (tarifas baixas vs. companhias aéreas de baixo custo).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.