O incidente ocorreu na zona de Gazauiya, localizada nos arredores da localidade de Afarin, no noroeste de Alepo, e as vítimas são na maioria comerciantes, vendedores, condutores e populares, segundo fontes médicas citadas pela ONG.

Gazauiya é um centro de reunião de comerciantes e vendedores que chegam com camiões para transportar mercadorias para o norte de Alepo e outras áreas.

A ONG admitiu que o número de vítimas mortais poderia aumentar devido à gravidade de vários feridos.

Até agora desconhecem-se as causas da explosão na referida zona, que está sob controlo das milícias curdas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.