A primeira embarcação, uma barcaça de madeira, foi localizada durante a madrugada de hoje numa praia do município de Tuineje, sueste de Fuerteventura, com 56 pessoas de origem subsaariana a bordo: 41 homens, 10 mulheres, uma das quais grávida, e cinco crianças.

Todos receberam assistência médica no local porque apresentavam sinais de “leve hipotermia”.

De acordo com os serviços de emergência, a segunda embarcação — uma lancha de borracha — foi detetada pela Guardia Civil quando se encontrava a cerca de três quilómetros ao largo de Tarajalillo, município de San Bartolomé, sul da Grã Canária.

Os serviços de Salvamento Marítimo rebocaram a lancha onde se encontravam sete ocupantes.

Nos primeiros nove dias de 2020 chegaram às Canárias, a bordo de embarcações precárias, 294 pessoas, duas das quais morreram por motivos de saúde.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.