“Ainda ontem [segunda-feira] estive numa reunião internacional em que a referência que é feita a Portugal é a de um país com uma imagem de uma notável segurança. Só isso permitiria o sucesso do nosso turismo e de iniciativas tão diversas como o Festival da Eurovisão, a Web Summit ou grandes festivais”, afirmou o governante.

Eduardo Cabrita falava ao final desta tarde aos jornalistas na sede do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, no concelho de Loures, durante a entrega de 48 viaturas a esta força de segurança.

Estas viaturas foram as primeiras entregues no âmbito do concurso público que prevê a atribuição, até 2021, de mais de 2.000 carros para as forças e serviços de segurança.

Apesar destes veículos (automóveis e motociclos) irem reforçar esquadras de todo o país, o ministro da Administração Interna explicou que estas se destinam, “maioritariamente, ao Comando Metropolitano de Lisboa, uma vez que tem uma área com uma dimensão populacional muito significativa”.

Eduardo Cabrita acrescentou que estas viaturas vão ajudar ao reforço de várias áreas de atuação da PSP, nomeadamente trânsito, patrulhamento e investigação criminal.

A atribuição destas viaturas insere-se no âmbito da Lei de Programação de Infraestruturas e Equipamentos das Forças e Serviços de Segurança e envolve um investimento total de cerca de 50 milhões de euros.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.