O México anunciou, através do seu ministro dos Negócios Estrangeiros, esta quinta-feira, que extraditou o traficante de droga Joaquín Guzmán, conhecido por "El Chapo", para os Estados Unidos da América, avançam as agências internacionais.

El Chapo, que era o narcotraficante mais procurado do mundo e que fugiu duas vezes de prisões de segurança máxima, é acusado por um tribunal do Texas por homicídio, narcotráfico, crime organizado, posse de armas e lavagem de dinheiro, enquanto na Califórnia é acusado de importar e distribuir cocaína.

O chefe do tráfico foi transferido, inesperadamente, em maio de 2016 para uma prisão em Ciudad Juárez, na fronteira com os Estados Unidos, de Altiplano, uma prisão de segurança máxima, a 90 km da capital mexicana, para onde voltou em janeiro. Guzmán foi transferido para Ciudad Juárez numa grande operação de segurança, horas depois de um juiz federal emitir uma sentença favorável à extradição, depois de um pedido do tribunal da Califórnia.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.