O chefe da diplomacia russa, acompanhado da sua delegação, vai encontrar-se de manhã com o ministro das Relações Exteriores, Téte António, seguindo depois para uma audiência com o chefe de Estado angolano, João Lourenço.

Segundo o programa distribuído, às 12:30, o ministro russo visita o Memorial Dr. António Agostinho Neto, bem como o jazigo do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos, que morreu em 08 de julho do ano passado.

Lavrov segue logo depois para uma visita guiada ao Museu Nacional de História Militar e irá passar ainda antes do almoço pela Escola da Embaixada da Federação Russa.

O diplomata regressa a Moscovo na quinta-feira de manhã.

A visita de trabalho do responsável dos Negócios Estrangeiros acontece numa altura em que Angola, após se posicionar de forma neutra perante a guerra na Ucrânia, abstendo-se de votar uma resolução das Nações Unidas condenando a invasão russa, em março, juntou-se em outubro à maioria dos países que condenaram a anexação de territórios ucranianos pela Rússia.

Angola tem vindo a reposicionar-se nos últimos meses em termos de política externa, aproximando-se dos Estados Unidos da América e da União Europeia, e distanciando-se da Rússia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.