Erdogan disse que a cidade ficaria perto da fronteira turca e afirmou que havia falado sobre esta ideia com Barack Obama. "Falamos disso com o senhor Obama, e inclusive estabelecemos as coordenadas, mas ainda não chegamos a um resultado", explicou Erdogan, citado pela agência Anatolia.

O dirigente não forneceu nenhum prazo para a construção da urbe. Segundo o presidente da Turquia, a cidade teria uma área de 4.500 km2, um tamanho similar ao das grandes aglomerações dos Estados Unidos e as infraestruturas seriam erguidas com ajuda internacional. Aí os refugiados sírios poderiam ser realocados, declarou.

A Turquia propõe há tempos aos seus aliados ocidentais a criação de uma "zona segura" no norte da Síria para os refugiados. No entanto, esta é a primeira vez em que Erdogan propõe construir uma cidade. A Turquia abriga atualmente 2,7 milhões de refugiados sírios, e tem vindo a protestar pela falta de apoio internacional aos seus esforços de acolhimento.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.