Após a abertura, pelo BE, a ordem das questões colocadas ao chefe do executivo prossegue por ordem decrescente de representação parlamentar: PS, PSD, PCP, CDS-PP, PAN, PEV, CH e IL.

A conferência de líderes parlamentares decidiu na segunda-feira que o debate quinzenal de terça-feira será feito apenas com quórum de funcionamento (um quinto dos deputados, 46), e que o plenário voltará a reunir-se em 01 de abril, podendo renovar o estado de emergência.

O Governo transmitiu na conferência de líderes de segunda-feira, através do secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, disponibilidade para "reuniões periódicas com os líderes parlamentares para dar informações contínuas sobre o ponto de situação relativo ao novo coronavírus", de acordo com a informação da porta-voz da reunião e deputada do PS, Maria da Luz Rosinha.

Esta é o primeiro debate quinzenal com o primeiro-ministro após o decreto do estado de emergência devido à pandemia de Covid-19, depois de a Assembleia da República ter aprovado a declaração do estado de emergência e a proposta de lei do Governo com medidas para conter os efeitos da pandemia Covid-19.

Em Portugal, há 23 mortes e 2.060 infeções confirmadas, segundo o balanço feito na segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde.

Dos infetados, 201 estão internados, 47 dos quais em unidades de cuidados intensivos.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 02 de abril.

Além disso, o Governo declarou na terça-feira o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.