Apesar da cimeira, em Hanói, entre o Presidente dos Estados Unidos e o líder da Coreia do Norte ter terminado sem que fosse alcançado qualquer acordo, Donald Trump acredita que ainda pode alcançar um acordo no futuro sobre a desnuclearização da península coreana.

De acordo com a agência noticiosa AFP, que cita fontes não identificadas da Casa Branca, Donald Trump quer o adiamento das manobras militares "Foal Eagle", que geralmente acontecem na primavera.

Esses exercícios militares conjuntos, regularmente organizados pelos dois aliados, provocam todos os anos a ira de Pyongyang.

No ano passado, 200 mil soldados sul-coreanos e cerca de 30 mil soldados norte-americanos participaram nas manobras conjuntas anuais "Foal Eagle" e "Key Resolve".

Contudo, desde o histórico encontro em Singapura, em junho passado, entre Donald Trump e o líder norte-coreano, os Estados Unidos e a Coreia do Sul reduziram ou eliminaram vários exercícios militares conjuntos e, desde então, os bombardeiros norte-americanos não sobrevoam o espaço aéreo sul-coreano.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.