O marido de Ana Ligia de Saca, o ex-Presidente Tony Saca, já está a cumprir uma pena de 10 anos pelo desvio de 300 milhões de dólares (268 milhões de euros) de fundos públicos para as suas empresas e para outras pessoas próximas.

O acordo de Ligia deverá traduzir-se num processo legal abreviado e serviço comunitário em vez de cumprir uma pena que poderia chegar a três anos efetivos de prisão.

O acordo foi discutido durante uma sessão na segunda-feira.

Saca governou El Salvador de 2004 a 2009. Ligia foi acusada de outros 14 crimes pelo papel que protagonizou no branqueamento de capitais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.