Eduardo Ferro Rodrigues esteve esta manhã no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, para fazer uma visita aos familiares de Mário Soares, de 92 anos, que desde a madrugada de terça-feira está internado na unidade de cuidados intensivos, tendo recordado "uma vida de resistência, de combates e de luta pela liberdade, pela democracia, por todos nós e pelo país".

"Neste momento, Mário Soares está a fazer aquilo que fez toda a sua vida. Está em luta, está a travar um combate muito difícil, mas é com alguma esperança que eu saio daqui visto que todas as informações apontam para uma recuperação, embora ligeira de capacidades cognitivas e isso é muito importante", disse aos jornalistas.

O Presidente da Assembleia da República citou as palavras do próprio Mário Soares, que "sempre disse que só se é derrotado quando se desiste de lutar".

"E aquilo que ele está a fazer, a resistir, é a demonstração de que não desistiu de lutar. Fico esperançado", enalteceu.

No entanto, Ferro Rodrigues ressalvou que "a situação continua a ser grave", mas que "pelos vistos no boletim médico já não aparece como situação crítica".

O antigo Presidente da República Mário Soares tem dado "indícios de retoma do estado de consciência" e a sua situação clínica continua a evoluir favoravelmente, mas apesar desta melhoria geral, mantém-se o prognóstico reservado, informou o hoje o hospital.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.