Praticamente empatados no que concerne as intenções de voto, Emmanuel Macron, do movimento "Em Marcha!", e a representante da extrema-direita Marine Le Pen, líder da Frente Nacional, tentarão consolidar os seus nomes como favoritos na corrida presidencial durante um debate, esta terça-feira, que reunirá pela primeira vez todos os aspirantes ao cargo de chefe de Estado. Este é o segundo debate na televisão francesa, tendo o primeiro contado somente com os cinco principais candidatos.

Segundo uma sondagem publicada hoje no The Telegraph, o candidato centrista reúne 25,3% das intenções de voto, enquanto Le Pen conta com 25,1%. Os números não são muito diferentes no Financial Times (FT), que vai publicando os resultados mais recentes das sondagens no seu poll tracker. Aqui, na primeira volta, Macron conta com 25% das intenções de voto e Le Pen com 24%.

A não ser que um dos candidatos consiga pelo menos 50% dos votos, o que é altamente improvável, há lugar a uma segunda volta, a 7 de maio. O FT considerada atualmente dois cenários possíveis: Le Pen (39%) contra Macron (62%) ou Le Pen (42%) contra Fillon (59%). Em ambos, a candidata da extrema-direita não conquista a presidência francesa.

François Fillon, o candidato do partido de direita Os Republicanos, que caiu para o terceiro lugar nas sondagens (18%) na sequência de um escândalo de alegados empregos fictícios pelo qual foi indiciado pela justiça, tentará convencer os franceses que o seu programa de austeridade é o melhor para estimular o crescimento e promover o emprego no país.

O líder da esquerda radical Jean-Luc Mélenchon subiu para o quarto lugar com 15% das intenções de voto, superando o candidato do Partido Socialista, Benoît Hamon, com 10%, que nas últimas semanas foi abandonado por figuras importantes da esquerda.

Os outros seis candidatos, que têm menos de 5% das intenções de voto, pretendem divulgar os seus nomes entre os franceses, num debate de mais de três horas que se concentrará em três temas: emprego, segurança e assuntos sociais.

A primeira volta das eleições presidenciais francesas realiza-se a 23 de abril. Os principais candidatos são François Fillon (Partido Os Republicanos, direita conservadora), Benoît Hamon (Partido Socialista, centro-esquerda), Emmanuel Macron (movimento Em Marcha!, liberal independente), Jean-Luc Mélenchon (Frente de Esquerda, representa os comunistas e parte da extrema-esquerda), Marine Le Pen (Frente Nacional, extrema-direita).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.