Freya, uma jovem morsa fêmea, está a ser a sensação do verão na Noruega, onde se diverte no fiorde de Oslo... e danifica alguns barcos com os seus quase 600 quilos.

Já avistada no Reino Unido, Holanda, Dinamarca e naSuécia, Freya decidiu passar parte do verão na Noruega, onde se tornou o centro das atenções com vários curiosos a ficarem ao largo de Kragerø, uma idílica localidade costeira do sul, ou de Oslo, desde o dia 17 de julho, para a ver subir para várias embarcações de recreio que ali estão paradas.

A presença de mamíferos que vivem, normalmente, em latitudes mais próximas do Ártico despertou a curiosidade da população local e chamou a atenção da imprensa. O jornal "Verdens Gang" chegou, inclusive, a transmitir ao vivo, no seu site, alguns momentos da vida de Freya.

Entre duas grandes sestas - uma morsa pode dormir até 20 horas por dia -, Freya foi filmada a caçar um pato, a atacar um cisne ou, na maioria dos casos, a descansar em barcos que afundam com o seu peso.

"Os danos materiais são de lamentar, mas é o que acontece com a presença de animais selvagens", explicou um responsável pelo Departamento de Pesca, Rolf Harald Jensen, numa entrevista ao canal TV2, exibindo um barco vítima do peso do animal.

Depois de considerar a possibilidade de transferir Freya, ou mesmo abatê-la caso esta representasse um perigo para a população, as autoridades norueguesas decidiram deixar a natureza seguir o seu curso.

"Ela está bem, alimenta-se, descansa e parece estar em bom estado", informou a direção de Pesca num comunicado divulgado esta segunda-feira.

As autoridades insistem, contudo, na necessidade de manter distância e desaconselham nadar, ou andar de caiaque, perto de Freya, "que não é necessariamente tão pacífica, quanto se pode imaginar quando ela está a descansar".

"Uma morsa normalmente não representa um perigo para os humanos, desde que mantenhamos uma distância segura. Mas, se for perturbada por humanos e não puder descansar o suficiente, pode se sentir ameaçada e atacar", observam.

Espécie protegida, a morsa alimenta-se, principalmente, de invertebrados como moluscos, camarões, caranguejos e pequenos peixes. O seu peso médio na idade adulta é de cerca de uma tonelada no caso dos machos, e 700 quilos, no caso das fêmeas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.