"Fomos avisados esta manhã que as autoridades da Macedónia não deixarão mais passar os afegãos", afirmou uma fonte policial à AFP.

Os macedónios justificaram esta posição pela decisão da Sérvia de barrar o caminho para esses cidadãos, segundo a fonte. Os afegãos estavam a ser reenviados para o lado grego, enquanto as autoridades macedónias deixavam passar apenas sírios e iraquianos pelo posto de Idomeni.

Na zona de trânsito de Idomeni, a AFP contabilizou cerca de 300 afegãos bloqueados neste domingo. No total, cerca de 4.000 refugiados esperavam esta manhã para poder atravessar a fronteira. A Macedónia estabeleceu em novembro este "filtro" por nacionalidades.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.