Existe a necessidade de a comunidade internacional “intensificar o seu apoio à população das Bahamas e ao seu Governo”, disse ainda António Guterres.

Ao referir-se às Bahamas, às inundações em Moçambique, à desertificação do Sahel, aos incêndios na Amazónia, ao degelo no Ártico e à destruição dos recifes de corais, o chefe da ONU exortou os dirigentes do planeta a tornarem-se mais ambiciosos no combate às alterações climáticas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.