“Fumos negros serão usados este fim de semana por todas as equipas da ‘Premier League’, em honra de Emiliano Sala”, refere um comunicado do organismo inglês de futebol.

A decisão surge um dia depois de as autoridades terem revelado que o corpo resgatado dos destroços da aeronave, encontrados no fundo do Canal da Mancha, a cerca de 20 quilómetros a norte de Guernsey, é do futebolista.

A Liga inglesa decidiu também que será cumprido um minuto de silêncio a anteceder o jogo de sábado entre o Southampton e o Cardiff.

O avião que transportava Emiliano Sala, de 28 anos, desapareceu dos radares em 21 de janeiro, quando o futebolista e o piloto David Ibbotson, de 59 anos, desaparecido, seguiam viagem de Nantes para Cardiff, onde o atleta era esperado no dia seguinte para treinar no seu novo clube.

Os destroços da aeronave que transportava o jogador, transferido por 17 milhões de euros, foram localizados no domingo por uma equipa de busca privada comandada pela família do jogador argentino e, no dia seguinte, um corpo foi localizado.

O argentino tinha iniciado a carreira nos portugueses do FC Crato e representou também o Bordéus, o Orleáns, o Chamois Niortais, o Caen e o Nantes.

O atleta tinha sido treinado por Sérgio Conceição, atual técnico do FC Porto, na sua passagem pelo Nantes, no qual foi companheiro de Sérgio Oliveira, e também por Miguel Cardoso, atual técnico do Celta de Vigo, mas que iniciou a época no clube francês.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.