Fonte do Ministério da Administração Interna disse à agência Lusa que todas as despesas extraordinárias relativas ao dispositivo de combate a incêndios do verão de 2016 foram pagas ao longo desta semana às associações humanitárias de bombeiros voluntários.

Segundo o MAI, este pagamento inclui a reparação de viaturas, reposição de carros novos, alimentação, despesas de material danificado e salários perdidos (bombeiros que foram dispensados dos empregos para combater incêndios).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.