O acordo foi assinado na quinta-feira ao final do dia entre o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes, e um representante da Karpopowership, que pertence ao grupo Karadeniz Energy Group, com sede em Istambul, na Turquia.

A empresa Karpowership, segundo a sua página oficial na Internet, é a única no mundo que possui centrais elétricas flutuantes.

Atualmente, a empresa turca é responsável por parte do fornecimento de eletricidade, através de centrais flutuantes, em país como o Líbano, Gana, Moçambique, Gâmbia, Indonésia, Zâmbia e Iraque.

“Este contrato vai permitir um fornecimento de energia elétrica numa dimensão que será o dobro ou mais do dobro a que estamos habituados, e além disso, a energia será mais barata e fácil de produzir”, afirmou Aristides Gomes, no final da assinatura do contrato.

Para o primeiro-ministro, o contrato assinado representa uma “pequena revolução no progresso de desenvolvimento do sistema elétrico”, se associado a outros projetos em curso no país, nomeadamente a construção da linha de alta tensão e várias centrais elétricas.

“Estamos a agir naquilo que é fundamental para o desenvolvimento do país para atrair investimento e valorizar os recursos que temos”, disse.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.