A iniciativa enquadra-se no Fundo de Emergência criado pela fundação para dar resposta à pandemia causada pelo novo coronavírus.

"Como forma de promover a aceleração de respostas à situação causada pelo coronavírus, a Fundação Gulbenkian vai financiar até 10 soluções digitais de implementação rápida - plataformas eletrónicas ou aplicações - que promovam a saúde pública e a mitigação dos efeitos da pandemia em Portugal", anunciou hoje a Gulbenkian em comunicado.

São elegíveis projetos que "disseminem mensagens de saúde pública e informação fidedigna associada à pandemia", que promovam cuidados de saúde remotos ou uma boa gestão da sintomatologia e da própria doença, bem como iniciativas que mobilizem recursos e redes de apoio ou que "satisfaçam outras necessidades - identificadas mas ainda não satisfeitas - resultantes da pandemia".

As candidaturas podem ser apresentadas por entidades públicas e privadas, com ou sem fins lucrativas, sediadas em Portugal, até 02 de abril.

Os mecanismos terão de ser gratuitos, de acesso universal e de implementação imediata.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 450.000 pessoas em todo o mundo, das quais mais de 20.000 morreram.

O continente europeu, com cerca de 240.000 infetados, é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos. Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais - 7.503 mortos em 74.386 casos registados.

Espanha é o segundo país com maior número de mortes, registando 3.434, entre 47.610 casos de infeção.

Em Portugal, registaram-se 43 mortes, mais 10 do que na véspera, e 2.995 infeções confirmadas, segundo o balanço feito na quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde, que identificou 633 novos casos em relação a terça-feira.

Dos infetados, 276 estão internados, 61 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 22 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.