“António Guterres é um líder político internacional, é o português que ocupou e ocupa o mais alto cargo internacional que um nosso compatriota alguma vez alcançou, é um defensor, todos os dias, da paz, da segurança, dos direitos humanos e do desenvolvimento sustentável”, disse à agência Lusa Santos Silva.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, lembrando que a recandidatura foi apresentada por Portugal, realçou três aspetos em que Guterres se destacou no primeiro mandato, como defensor e promotor do multilateralismo e na ação climática, bem como nas propostas reformistas na própria ONU.

“Por todas essas razões estamos muito contentes com esta recomendação do Conselho de Segurança”, sublinhou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.