“As alterações climáticas não são apenas um problema a longo prazo, mas um perigo claro e presente”, afirmou António Guterres na mensagem de Ano Novo das Nações Unidas, com duração de cerca um minuto e meio e transmitida através da Internet.

“Não podemos dar-nos ao luxo de ser a geração que ignorou esta realidade e comprometeu o futuro do planeta”, continuou o antigo primeiro-ministro português.

Para o secretário-geral da ONU, os jovens são “a maior fonte de esperança” e o mundo precisa do seu “empenho ativo”.

“Continuem a pensar em grande. Continuem a superar barreiras. E continuem a pressionar”, incitou Guterres, para quem a nova geração “está na linha da frente da luta por um mundo melhor”.

Em 2020, a ONU completa 75 anos e, a este propósito, vai lançar uma Década de Ação para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, o plano para uma “globalização justa”, adiantou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.