A Convenção de Genebra, que define os direitos dos refugiados, prevê uma cláusula de exclusão que se aplica "quando existem sérios motivos para crer que as pessoas são culpadas de crimes de guerra, crimes contra a Humanidade ou crimes graves sem caráter político", assinalou o secretário de estado da Justiça, Klaas Dijkhoff.

Há um ano, as autoridades holandesas concluíram que 50 pessoas que pediram asilo eram suspeitas de ter cometido crimes de guerra e iniciaram uma investigação. A questão dos refugiados divide o país, que recebeu 58.880 pedidos de asilo em 2015, quase o dobro do que no ano anterior.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.