O resgate espetacular, gravado e divulgado nas redes sociais, mostra Mamudu Gasama a escalar em trinta segundos quatro varandas da fachada de um prédio para chegar ao quarto andar, recuperar o menino pendurado e colocá-lo em segurança.

"Por sorte, havia alguém com boas condições físicas e com coragem para ir buscar o menino", afirmaram os bombeiros.

A criança e Gasama foram levados para um hospital para exames de rotina. "O socorrista queixava-se do joelho e o menino estava em choque", indicaram os bombeiros, afirmando que os dois estão, de resto, bem.

O vice-autarca de Paris, Ian Brossat, adiantou que o jovem do Mali que resgatou o menino não está legal no país. "O jovem que salvou um bebé (...) ao escalar três andares não tem documentação e chegou do Mali em setembro. Aviso aos que cospem diariamente nos imigrantes. Obrigado, Mamudu Gasama", escreveu no Twitter o autarca adjunto.

Pouco antes, a autarca de Paris, Anne Hidalgo, tinha parabenizado o jovem. "Um grande 'bravo' a Mamudu Gasama pelo seu ato de coragem que permitiu salvar ontem à noite a vida de um menino. Tive o prazer de falar com ele por telefone hoje", escreveu este domingo também no Twitter.

Apresentado pela imprensa francesa como um herói, Mamudu Gasama contou à emissora BFMTV que "viu muitas pessoas a gritar e a buzinar". "Saí, corri para procurar soluções para salvá-lo. Consegui pendurar-me numa varanda, subi e assim, graças a Deus, salvei-o", disse.

Mamudu Gasama teve na manhã desta segunda-feira um encontro com o Presidente francês Emmanuel Macron, que quis conhecer pessoalmente este herói, a quem prometeu cidadania francesa.

O pai do menino foi colocado em prisão preventiva uma vez que está em curso uma investigação por "alienação de obrigações parentais", afirmou fonte judicial.

(Notícia atualizada às 10h02)

 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.