Segundo a mesma fonte, o homem, de 52 anos, "saiu para a rua com duas facas na mão", enquanto ocorria um fogo na sua habitação, "avisou os vizinhos que a casa estava a arder dizendo-lhes para saírem das suas casas" e na frente de um amigo "deu uma facada no peito".

A fonte da polícia indicou que o homem tinha de entregar hoje, às 12:00, a casa ao proprietário, na sequência de um processo de despejo.

A Polícia Judiciária foi chamada ao local e está a investigar as causas do incêndio, adiantou a fonte da PSP.

O homem foi transportado para o hospital de Évora, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora.

O incêndio ocorreu na Travessa das Morenas, tendo afetado toda a casa, que ficou sem condições de habitabilidade, segundo a fonte do CDOS.

O alerta para a ocorrência foi dado às 08:48 para o CDOS e as operações de socorro mobilizaram os Bombeiros Voluntários de Évora, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER), além da PSP, num total de 18 operacionais e nove veículos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.