O arguido tinha sido detido em 22 de julho de 2021, dois meses depois de ter praticado "o crime de homicídio qualificado na forma consumada", adiantou a mesma fonte.

A vítima, uma mulher com 86 anos, “foi agredida com o uso de força física e com um golpe de arma branca, na zona do pescoço, do qual resultou a sua morte”, lia-se no comunicado emitido na altura pela PJ, através do Departamento de Investigação Criminal da Madeira.

O crime ocorreu na residência da mulher, nas zonas altas da freguesia da Ribeira Brava, na zona oeste da ilha da Madeira.

O julgamento começou em 17 de março.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.