Sérgio Duarte, adjunto de comando daquela corporação de bombeiros, disse ter recebido um alerta de incêndio num prédio de habitação na avenida Croft de Moura, em Caxias, às 06:40.

“No local constatámos que se tratava de um incêndio num edifício de três pisos (rés-do-chão, primeiro piso e mansarda) e encontrámos uma idosa com perto de 80 anos que já se encontrava morta”, referiu.

A senhora residia na mansarda, cujo piso abateu sobre o piso inferior.

Quatro pessoas ficaram desalojadas na sequência do fogo que afetou também um restaurante contíguo ao prédio, referiu a fonte.

Dos quatro desalojadas, dois estão a ser realojados pela autarquia de Oeiras, enquanto duas outras pessoas se encontram de férias, acrescentou.

No local estiveram 28 bombeiros de corporações de Paço de Arcos, Oeiras, Barcarena e Carcavelos, auxiliados por nove veículos e uma Viatura Médica de Emergência e Realização (VMER) do hospital de S. Francisco Xavier, elementos da Proteção Civil municipal, um vereador da autarquia de Oeiras, elementos das polícias de Segurança Pública (PSP), Municipal e Judiciária (PJ).

No local do fogo, cujas causas são desconhecidas, mantêm-se elementos da PSP e PJ, concluiu Sérgio Duarte.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.