O jornal Público avança este sábado, 14 de maio, que um "imóvel de Abramovich avaliado em 10 milhões foi congelado em Portugal".

Segundo o diário, tratar-se-á de uma propriedade na Quinta do Lago, no Algarve, que o oligarca terá tentado vender 15 dias antes da invasão da Ucrânia pela Rússia.

Em fevereiro deste ano, a CGD terá avisado a Unidade de Informação Financeira (UIF) da Polícia Judiciária (PJ) de um pedido de crédito para a aquisição de um imóvel avaliado em 10 milhões de euros, na Quinta do Lago, no Algarve.

O valor de crédito era de 5 milhões de euros e terá sido solicitado por David William Dalzell, natural da Irlanda do Norte. O imóvel pertencia à Millhouse Views LLC, controlada pela empresa internacional de gestão de fundos diversificados Millhouse LLC, que, segundo o diário, é uma holding de investimentos detida por Roman Abramovich.

A 25 de março, Abramovich terá visto ser congelado o seu único bem imobiliário encontrado até ao momento pelas autoridades.

Estas diligências envolveram o Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais (GPEARI) do Ministério das Finanças, a Direcção-Geral de Política Externa do Ministério dos Negócios Estrangeiros, o Banco de Portugal, o Instituto dos Registos e Notariado e a Autoridade Tributária.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.