Às 12:40, o comandante Pedro Araújo, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), disse à agência Lusa que este incêndio é fruto de “uma reativação forte”, ocorrida cerca das 05:00 da madrugada, depois do incêndio, que deflagrou pelas 16:53 de sexta-feira, na freguesia de Recarei, ter sido dado como dominado uma hora antes, pelas 04:00 da madrugada.

Este operacional da ANEPC acrescentou que o incêndio tem três frentes ativas, consome uma área de mato e que, até ao momento, não houve habitações em risco.

“A nossa expectativa é a de poder dominar o incêndio nas próximas horas, mas vai depender da capacidade de progressão dos meios no terreno”, explicou o comandante Pedro Araújo.

(Notícia atualizada às 13h04)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.