De acordo com o Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB), que pelas 09:10 ainda estavam no local a proceder às operações de rescaldo, o fogo foi dado como extinto às 07:59.

Contactada pela agência Lusa, a Polícia Municipal informou que devido às operações de rescaldo o trânsito faz-se apenas numa das faixas naquela zona, depois de ter estado cortado a partir dos Restauradores durante cerca de 25 minutos.

Contudo, segundo a mesma fonte, pelas 09:10 a circulação fazia-se com normalidade.

No edifício de quatro andares, cuja cobertura ardeu esta manhã, estava instalada uma pensão que, segundo o RSB, estava desabitada.

Nas operações participam viaturas do RSB e dos Bombeiros Voluntários de Lisboa e entre 40 a 45 homens.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.