A mesma fonte adiantou que às 11:30 estavam no local do incêndio 171 operacionais, com o apoio de 45 veículos e quatro meios aéreos.

“O fogo está dominado desde as 11:01”, indicou a fonte do CDOS.

As chamas deflagraram na localidade de Paradela, freguesia de Nespereira, às 17:06 de quinta-feira.

Na quinta-feira, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) decretou o alerta vermelho para 10 distritos de Portugal, devido ao risco agravado de incêndios provocado pelo calor esperado nos próximos dias.

Os 10 distritos são Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real e Viseu.

Numa conferência de imprensa realizada na sede da ANEPC, em Carnaxide, concelho de Oeiras, distrito de Lisboa, na quinta-feira à noite, a segundo comandante Patrícia Gaspar alertou para um “cenário sério e complexo” que se irá verificar até sábado devido às condições meteorológicas, o qual pode potenciar a ocorrência de incêndios florestais.

Também o Governo decidiu declarar a situação de alerta em Portugal continental entre as 00:01 de sexta-feira e as 23:59 de sábado, devido ao "agravamento do risco de incêndio" decorrente do estado do tempo.

Com esta situação de alerta passam a estar em vigor “medidas bastante restritivas relativamente ao uso do fogo”.

(Notícia atualizada às 12h00)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.