"Quero expressar solidariedade e luto pela perda de vidas humanas", disse Pedro Passos Coelho, durante uma sessão de apresentação do candidato à autarquia de Ansião.

Já depois de ter discursado, Passos Coelho regressou ao palco e, perante cerca de mil pessoas, deixou uma mensagem "muito sentida de solidariedade" às famílias e aos bombeiros que continuam a combater as chamas em Pedrogão Grande e pediu um minuto de silêncio em memória das vítimas mortais.

Dezanove pessoas morreram no incêndio que deflagrou durante a tarde de sábado no concelho de Pedrógão Grande, disse o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, em declarações aos jornalistas em Pedrogão Grande.

Segundo Jorge Gomes, além das 19 vítimas mortais, há ainda vinte feridos, seis dos quais bombeiros, e duas pessoas desaparecidas. Dos 14 feridos civis, dez estão em estado grave e cinco dos seis bombeiros foram retirados do terreno, para serem assistidos.

"É uma tragédia muito grande, tivemos noção da proporção dessa tragédia há muito pouco e não quis deixar, mesmo num dia que era um dia de festa aqui para nós, de endereçar a todas as famílias enlutadas a nossa solidariedade", disse Pedro Passos Coelho à agência Lusa, no final da sessão.

O líder do PSD deixou ainda uma "palavra de reconhecimento, apoio e solidariedade" aos bombeiros que combatem as chamas.

"Agora é o tempo das autoridades atuarem, não é o tempo dos políticos", adiantou Passos Coelho, sublinhando "toda a confiança" no papel dos agentes de Proteção Civil, bombeiros e autoridades centrais e locais envolvidas no combate às chamas.

Na ocasião, o líder do PSD anunciou ter suspendido a atividade política agendada para hoje - uma sessão de apresentação do candidato à autarquia de Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco - "em razão desta tragédia e do combate que ainda se está a desenvolver".

"Agora não é tempo, perante esta tragédia, de estarmos a desviar atenções para outras coisas, é preciso dar tempo para que as coisas possam regressar a alguma normalidade" e é isso que eu espero que possa acontecer, sinceramente, tão rápido quanto possível", declarou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.