O suspeito do crime de incêndio florestal foi detido hoje de madrugada e vai ser presente ao Tribunal Judicial de Moura para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação, refere a GNR, num comunicado enviado à agência Lusa.

Na sequência de vários focos de incêndio ocorridos no concelho de Moura, a GNR desenvolveu várias diligências de investigação, que levaram à detenção do homem, em flagrante delito, quando ateava fogo junto à berma de uma estrada, tendo na sua posse dois isqueiros, os quais foram apreendidos, explica a força de segurança.

O incêndio provocado pelo suspeito foi extinto pelos Bombeiros Voluntários de Moura, refere a GNR.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.