Distribuídos pela rede nacional de postos de vigia estarão 920 vigilantes 24 horas por dia, além de militares das brigadas territoriais e de investigação criminal empenhados para prevenir incêndios e comportamentos de risco, anunciou a GNR em comunicado.

A Guarda apela para não se fumar, fazer lume ou fogueiras em zonas florestais ou agrícolas, não fazer queimadas ou lançar foguetes ou balões de mecha acesa.

Tratores, máquinas e transportes pesados não podem circular sem extintor ou sistema de retenção de faúlhas, recorda ainda a GNR.

Este ano, a GNR já deteve 81 incendiários, identificou 708 suspeitos e fez mais de 30.000 patrulhas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.