Fonte do CDOS indicou à Lusa que o incêndio, que chegou a ter duas frentes ativas e o apoio de dez meios aéreos, foi dado como em resolução às 19:03, depois de cerca de sete horas após o seu início.

A mesma fonte referiu à Lusa, durante a tarde, que não havia casas em perigo e que o fogo estava circunscrito a uma zona de pinho, eucalipto e mato, na freguesia de Espite.

Pelas 19:12, estavam mobilizados para o fogo de Ourém 302 operacionais, apoiados por 96 veículos e seis meios aéreos, segundo a página na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

De acordo com a fonte do CDOS, os meios aéreos estão a preparar-se para abandonar o teatro de operações.

O alerta para o incêndio na freguesia de Matas e Cercal, foi dado às 12:30.

(Notícia atualizada às 19h34)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.