"Esta é uma boa medida do Governo, mas, como disse ao senhor primeiro-ministro, neste momento preocupa-me mais que os apoios cheguem rapidamente aos que já lá estão e que é preciso” recuperar, sustentou.

No final de uma reunião que decorreu em Santa Comba Dão, onde marcaram presença o primeiro-ministro, António Costa, e cerca de 40 autarcas da região Centro, José Carlos Alexandrino considerou que a linha que entrou hoje em vigor para financiar novas empresas é para uma fase que "deve ser posterior".

"Precisamos é que cheguem rapidamente todos os apoios aos empresários de Oliveira do Hospital para que voltem a laborar", acrescentou.

Ainda sobre a captação de novos investimentos para o seu concelho, o autarca de Oliveira do Hospital apontou que para tal é necessário que se construa o IC6, "pelo menos até à zona industrial".

O presidente da Câmara de Mortágua, José Júlio Norte (PSD), também viu com bons olhos a linha de financiamento de governo para captação de novas empresas, no valor de 80 milhões de euros.

"Penso que é uma boa medida, nas parece-me pouco para uma região tão grande", considerou.

Aos jornalistas, o autarca de Mortágua apontou também a necessidade de investimento em infraestruturas que alavanquem a reconstrução dos concelhos, nomeadamente o IP3/autoestrada.

"Hoje foi um dia de chuva, com certeza que muitos hoje passaram pelo IP3 e andamos sempre com o coração nas mãos, porque é um constrangimento. Se o era a semana passada sem chuva, naturalmente que agora com a chuva a situação é ainda mais grave", referiu.

António Costa defendeu, ao final da manhã de hoje, a importância de se apostar na revitalização do interior, através da captação de investimento, que gere emprego e fixe população.

"Todos partilhamos do mesmo diagnóstico, de que temos um problema estrutural que tem a ver com a revitalização do interior. É fundamental apostar na revitalização do interior através da atração de investimento", destacou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.