Em comunicado, a PJ refere que, no dia 1 deste mês, entre as 15:00 e as 16:00, em Santa Cruz, no concelho de Almodôvar, o homem, "munido com um isqueiro, ateou três focos distintos, distantes entre si cerca de 20 metros, vindo a provocar um incêndio de grandes proporções, que consumiu entre 20 e 25 hectares de sobreiros e oliveiras".

A detenção do homem, servente de pedreiro, ocorreu na sequência de uma investigação tutelada pelo Ministério Público (MP) do concelho vizinho de Loulé, já no distrito de Faro.

Fonte da Diretoria do Sul da PJ disse à Lusa que o homem foi detido na quinta-feira e vai ser presente ao Tribunal de Loulé para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.