Os moradores das cidades costeiras observaram um momento de silêncio, depois de terem tocado as sirenes, às 14:46, momento em que o terramoto ‘offshore’ de magnitude 9,0 desencadeou o tsunami que atingiu o país no dia 11 de março de 2011.

A onda gigante destruiu edifícios, carros e bairros inteiros à medida que foi entrando pelas terras do interior.

O primeiro-ministro Shinzo Abe disse numa cerimónia oficial em Tóquio que a reconstrução está a conseguir um progresso constante, mas mais de 70 mil pessoas ainda estão deslocadas das suas comunidades originais e muitas assumem que nunca poderão retornar às suas terras.

A limpeza da central nuclear de Fukushima, ainda radioativa, continua a ser um desafio assustador que levará décadas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.