O  Tribunal de Instrução Criminal decidiu que o jovem francês de 21 anos que é acusado de ter agredido mortalmente Paulo Correia, estudante de 23 anos, à porta de uma discoteca na baixa do Porto, no sábado à noite, vai aguardar julgamento em prisão preventiva, notícia o Jornal de Notícias.

Paulo Correia morreu esta segunda-feira no Hospital Santo António, revelou hoje o Guifões Sport Clube, emblema que representou enquanto basquetebolista.

Numa publicação hoje na página oficial na rede social Facebook, o clube de Matosinhos dá conta da morte: “No dia de ontem [domingo] acordámos com a triste notícia de que o nosso ex-atleta Paulo Correia sofreu um ataque violento que o colocou numa situação de luta pela vida. Infelizmente, a situação era demasiado grave pelo que acabou por falecer”.

Quando foi encontrado pelas autoridades e equipas médicas, o jovem "estava inconsciente, inanimado na via pública e recebeu assistência médica no local com equipas do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), que depois o conduziu para o Hospital de Santo António”.

O caso ocorreu na zona de Passos Manuel, na Baixa do Porto, cerca das 03:00 da madrugada de domingo, e embora a agressão não envolvesse armas de fogo, será a Polícia Judiciária, “à partida”, a apurar os contornos do sucedido, com contornos de tentativa de homicídio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.