Celebrou-se esta última segunda-feira, 15 de agosto, o 77º aniversário da rendição do Japão na Segunda Guerra Mundial, que durou seis anos, entre 1939 e 1945, e terminou com a vitória dos aliados. Na China recordou-se a data com uma descoberta, concretamente um livro com vários detalhes sobre a rendição japonesa.

Propriedade de um colecionador, da província de Liaoning, no nordeste da China, este exemplar de 150 páginas, com muitas fotos, tabelas e figuras, dá conta de factos que até hoje se desconheciam sobre o final da guerra.

Um especialista local revela mesmo que este novo documento ajudará a "perceber melhor a invasão da China" por parte do Japão.

Refira-se que foi então a 15 de agosto de 1945 que se deu a rendição das tropas japonesas, que faziam parte dos três principais parceiros da aliança do Eixo, que eram a Alemanha, a Itália e o Japão. O então imperador Showa pronunciou-se sobre o fim da guerra numa transmissão na rádio e esta segunda-feira houve lugar a uma homenagem, no Japão, por parte do governo, para os que morreram a lutar pelo país.

Cerca de mil pessoas marcaram presença neste evento que tem lugar anualmente em Tóquio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.