“Quero aqui anunciar que vamos reforçar em cerca de 20 milhões de euros os meios alocados ao objetivo habitação através do desbloqueio de saldos transitados dos Serviços Sociais da PSP. Um anseio de muitos anos dos profissionais da PSP”, disse José Luís Carneiro aos deputados da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

O ministro precisou que esta verba de 20 milhões de euros estava cativada no Ministério das Finanças.

Segundo o ministro, este valor vai juntar-se aos 40 milhões de euros do PRR destinados à garantia de alojamento para os elementos policiais e militares recém-formados.

O governante sublinhou que este investimento está a ser feito em colaboração com as autarquias, nomeadamente da região da Grande Lisboa, tendo as autarquias de Lisboa, Amadora, Odivelas e Oeiras manifestado intenção de disponibilizar terrenos.

“Em cooperação com as autarquias, a PSP, a GNR e os seus serviços sociais, acelerámos os trabalhos tendentes à execução dos cerca de 40 milhões de euros do PRR destinados à garantia de alojamento”, disse.

O ministro afirmou que o Governo está também a trabalhar com as autarquias no pacote de medidas sociais que se irá traduzir em ganhos de rendimento para os profissionais das forças de segurança.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.