Segundo o SME, no mesmo período, de 20 a 27 de fevereiro, foram ainda notificados e “convidados a abandonar” Angola onze cidadãos estrangeiros por “permanência ilegal”.

As autoridades angolanas dão conta também que foram impedidos de sair de Angola 23 cidadãos nacionais, nomeadamente, por falta de meios de subsistência, falta de autorização de saída dos progenitores, interdição de saída, entre outras razões.

Quanto ao movimento migratório, o SME registou a entrada de 27.923 pessoas, das quais 13.399 eram cidadãos angolanos e os restantes estrangeiros e a saída de 28.508 pessoas, das quais 15300 eram cidadãos angolanos.

Foram ainda aplicadas e pagas 46 multas a cidadãos de diversas nacionalidades e uma a uma empresa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.