Os protestos conhecidos como “Rebelião contra a Extinção” começaram na segunda-feira e paralisaram, em alguns momentos, zonas de Londres, com manifestações pacíficas na Ponte de Waterloo, Oxford Circus e outros locais emblemáticos.

Os manifestantes voltaram à rua no sábado, apelando ao governo britânico para que eleja o combate às alterações climáticas como a sua principal prioridade.

A polícia londrina abordou os manifestantes de forma cautelosa, em vez de recorrer ao uso de força, afirmando que respeita o direito aos protestos pacíficos.

Mesmo assim, foram obrigados a requisitar 200 agentes adicionais às forças vizinhas para controlar a situação e vários polícias tiveram de cancelar as suas folgas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.