Em declarações à agência Lusa, o comandante da Capitania do Porto de Lisboa adiantou que a operação levada a cabo pela Polícia Marítima começou às 18:00 de domingo e terminou cerca das 06:00 de hoje.

“Na sequência de uma investigação em curso da Polícia Marítima, procedemos à apreensão de mais de meio milhão de cigarros, ou seja, são 26.630 volumes de tabaco apreendidos. O tabaco era transportado num navio mercante de nacionalidade portuguesa que fez escala no porto de Lisboa”, contou.

De acordo com o comandante Malaquias Domingues, o tabaco, que tem um valor estimado em 120 mil euros, vinha dissimulado a bordo do navio, que veio da Mauritânia, e foi apreendido durante a descarga.

“Vinha dissimulado a bordo com a colaboração de alguns tripulantes. Neste momento, temos cinco detidos, três dos quais são tripulantes do navio”, referiu, indicando que os detidos têm nacionalidade portuguesa e cabo-verdiana.

Malaquias Domingues afirmou que o tabaco terá sido adquirido no mercado local (Mauritânia) e tinha como destino o mercado nacional.

Na operação, foram ainda apreendidas duas viaturas usadas para transporte do tabaco para fora da área portuária e de Lisboa.

“Os cinco detidos vão ser presentes hoje a tribunal para primeiro interrogatório”, concluiu.

Em comunicado, a Marinha indica que não exclui a possibilidade de ocorrência de outras detenções.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.