No Estádio Olímpico de Sochi, Denisov colocou a formação da capital russa em vantagem, aos 76 minutos, e Miranchuk, aos 90+1, confirmou o triunfo do Lokomotiv, num lance com assistência de Manuel Fernandes.

O médio de 31 anos, que está a cumprir a terceira temporada no clube de Moscovo, ganhou a segunda Taça da Rússia da carreira.

Nos últimos minutos da final, os jogadores das duas equipas ‘pegaram-se’ e o árbitro acabou por expulsar dois de cada emblema: Fidler e Manucharyan do lado do Ural e Farfan e Ari no Lokomotiv.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.